Como criar um Armário Capsula?

Antes de entrarmos nesse “How to”, bora entender o que, de fato, é a ideia do Armário Capsula e pra isso temos que voltar um pouquinho no tempo (Acho que voltar no tempo para contar uma história está se tornando minha assinatura aqui na Galpão).

O termo “Capsule Wardrobe” (Armário Capsula) foi criado em 1970, pela Susie Faux, dona de uma Boutique em Londres chamada Wardrobe. O conceito do termo criado por Faux é extremamente simples. Ela dizia que todos deveriam possuir itens essenciais que não saem de moda, que você gosta muito, que combinem entre si e que possivelmente possam ser usados durante todas as estações. Tá, talvez não seja extremamente simples, mas pode se tornar se mudarmos um pouquinho nossa forma de pensar, mas já já chegamos nessa parte.

Depois que o termo foi criado nos anos 70, somente em 1985 ele foi popularizado e não foi pela Susie e sim pela designer americana Donna Karan, que lançou uma coleção capsula de 7 peças que conversavam entre si e possibilitavam inúmeros looks.

Quantas vezes a gente diz “não ter o que vestir” quando nosso guarda roupas está atolado de peças? Já parou para pensar que talvez a gente tenha desenvolvido esse sentimento de não ter algo por simplesmente comprar peças por impulso sem saber com o que aquilo fica bom ou se temos algo já em casa que combina?

Nos dias de hoje (finalmente voltamos do passado), o Armário Capsula é visto como uma forma mais sustentável e prática de se vestir, uma vez que a ideia criada lá atrás leva a gente para a possibilidade de possuir menos e fazer mais com o que possuimos. Adotando essa forma de consumo, a tendência é que você invista seu dinheiro em peças mais duráveis que você ame e consequentemente pare de consumir em massa por impulso, ajudando o meio ambiente ao favorecer a criação futura de um ciclo mais saudável de produção de roupas (eu tenho esperança desse ciclo saudável de consumo e produção existir).

Um Armário Capsula representa mais tempo, dinheiro e energia gasta em outras coisas além das roupas, uma vez que você, ao adotar o “estilo de vida”, passa a entender mais seu estilo, facilitando o momento de se vestir, principalmente por você já ter pré-selecionado as peças e sabe que tudo que você tem te faz feliz e te veste bem. A ideia principal é criar uma “consciência de compra” e sempre saber o que você já tem, para não consumir algo que você não vai usar.

Embora esse termo que diz “menos é mais” tenha sido criado anos atrás, em algum momento, entre o antes e o agora, alteramos nossa forma de consumo para o oposto. Em algum momento fomos ensinados de que quem compra mais é mais feliz, mais bem vestido, mais poderoso. Uma ilusão, porque nada disso é verdade e é hora da gente tomar controle de tudo.

Como criar um Armário Capsula?

Agora que vocês sabem o que é o Armário Capsula e os benefícios dele, borá aprender a criar um?

Passo 1: Escolha sua paleta de cores.

O ideal é que você escolha duas cores de base que combinam com tudo, por exemplo: branco, preto, marrom, cinza e azul marinho. Itens como calças e casacos serão escolhidos usando as duas cores pré-selecionadas, para que as peças possam ser usadas com todo o resto.

Depois escolha mais uma ou duas cores mais vivas, que você goste muito e que fique legal com as cores de base. Essa cor vai definir peças como blusas, camisetas, vestidos e acessórios. Uma vez que você definir as cores, todas as peças vão passar a conversar entre si e vai rolar uma facilidade para as combinações, uma vez que as cores já vão fazer uma parte do trabalho complementando uma a outra.

Passo 2: Entenda seu corpo

O corpo é seu e é extremamente importante que você tire um tempo para você e passe a entende-lo e saiba o que conversa com você. Isso pode levar um tempo, entender nosso corpo é extremamente difícil, mas você saber o que  gosta de vestir e o que te deixa confortável é fundamental para que você consiga encontrar peças que te fazem bem e que não vão acabar no fundo o armário sem uso. Obviamente alguns tipos de corpo carregam mais privilégios que outros e para muitos corpos há uma enorme dificuldade em comprar roupas, mas a ideia do Armário Capsula diz mais sobre a sua forma de consumo, então o conceito pode se adaptado para sua realidade, não se pressione a nada que te deixe inconfortável e faça tudo no seu tempo.

Passo 3: Defina quantas peças seu Armário Capsula vai ter

Tricoteen

Embora isso seja uma ideia aberta, o ideal é que seu Armário possua até 40 peças (não contamos pijamas, roupas de ficar em casa e acessórios como brincos e colares). Um Armário Capsula de 37 peças, por exemplo, pode ser dividido em 9 pares de sapato, 9 calças/shorts, 15 partes de cima (camisas, camisetas, regatas etc) e 4 vestidos. É importante que você encaixe a quantidade dentro da sua necessidade, mas não esqueça do principio da ideia, que é possuir menos e usar mais. No final de 2019 a Ashley, do canal bestdressed (canal americano) fez uma viagem e usou por um mês um Armário Capsula de 30 peças e aqui tem a experiência dela.

 Para quem não entende inglês, há uma opção no Youtube de tradução simultânea nas configurações ao assistir o vídeo.

Passo 4: Reduza suas peças e Foque em peças atemporais

Ao criar um Armário Capsula você não precisa, necessariamente, comprar algo novo, você pode ver tudo que você possui, doar ou vender o que você não usa e ficar só com o que você usa e gosta (Oi Marie Kondo?). Se o que sobrar pós doação/venda não for o suficiente para você se manter por alguns meses, invista em peças atemporais. Quando a gente possui várias peças que não saem de moda, elas tem uma tendência a conversarem entre si, porque geralmente são peças mais clássicas. Obvio que você pode, uma vez ou outra, adquirir uma peça mais diferentona, mas lembre-se que o principio é você mudar seu mindset e conseguir viver tranquilamente com o que você já tem e consumir cada vez com menos frequência.

Passo 5: Mantenha ou adquira peças de qualidade

Isso não significa que você precise comprar uma camiseta de R$500,00, mas é interessante que você não consuma de marcas de fast fashion que fabricam com materiais baratos e não duráveis, uma vez que a intenção do Armário Capsula é você usar as roupas que tem com frequência e repetir mesmo as peças sem medo de ser feliz. Existem diversas marcas com preços acessíveis e materiais duráveis, como a Tricoteen e a Cotton On.

Lembrando que a ideia do Armário Capsula pode sempre ser adaptado a sua necessidade e ao seu bolso. Eu, particularmente, acho chic demais fazer mais com menos e repetir peças de roupa, então espero que mesmo se vocês não aderirem ao estilo de vida capsula, vocês passem a fazer mais com menos.

Até a próxima,

Caique.

Galpão Mag

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s